Antes de começar essa nova postagem sobre a prova de COBIT, na qual adquiri hoje a aprovação, eu habilitei o menu certificações, no qual coloquei os certificados da Microsoft (MCP/MCDST), COBIT e ITIL, lembrando que nos respectivos sites das certificações existe o Transcript que comprova a sua certificação.

Sobre a prova do COBIT, tenho uma coisa para deixar bem claro, ela é mais difícil do a do ITIL. Primeiro começa pela tradução, quem tem inglês técnico, não faça a prova em português à tradução é muito ruim, parece às traduções de frases que colocamos no tradutor da Google.

Segundo, não decore a apostila ou o material de estudo, pois na prova cai poucas perguntas decorebas, ao contrário do ITIL e sim mais perguntas sobre a estrutura de TI nas empresas citadas como exemplo no enunciado, tipo qual a classificação de maturidade de uma empresa, entre outras. As perguntas são mais focadas na pratica, vamos dizer que 50% é na pratica e os outros 50% são perguntas teóricas, que mesmo assim são difíceis, se não estudar muito.

Outro fator que pesa nessa prova é o fato dos termos similares ao do ITIL no COBIT ser diferente, como por exemplo: “Na ITIL a TI entrega valor, no COBIT informação.” Essa pergunta cai na prova, e pode confundir.

Mas essa prova como qualquer outra, se você tiver experiência na área
(nesse caso Governança de TI ou Gerenciamento de Projetos) e se dedicar a uma hora ou duas por dia, durante dois meses de estudo, com certeza a prova fica fácil e o sucesso será conseqüência.

 

Fonte: http://www.diegoschmidtgp.com